Coleção de memórias 

Intervenção com terra coletada 

Dimensões variadas

2017


A terra do jardim da casa de infância foi coletada e levada para o espaço expositivo. Com essa terra, escrevi a frase: “coleções de memórias: como se fosse um livro de jardim”. Nessa ação, propus conexões entre o jardim e a biblioteca, lugares muito simbólicos e povoados de muitas das minhas memórias afetivas.

 


----

Biblioteca: Floresta 

Museu de Arte de Ribeirão Preto Pedro Manuel-Gismondi, Ribeirão Preto (SP)

Curadoria: Nilton Campos, Galciani Neves e Simone Moraes

2018