The Serenity, 2017. Vídeo, cor, som, 2'56''

 

Registro da ação, onde em uma manhã nublada atravesso a extensão de uma orla marítma, seguindo o desenho formado pelas ondas. 

A medida que me distancio ao longo do caminho, a imagem do meu corpo fica borrada e desaparece na névoa. 

Como em um ritual, me desloco  na natureza, e desapareço na neblina com o passar do tempo, sugerindo a fragilidade do ser.

Registro da ação: Osmar Zampieri